Dicas de Viagem

Amerimia VIP Brasil Turismo > Dicas de Viagem

DICAS DE VIAGEM

 

VIAJE LEGAL

Finalmente suas férias chegaram! E a preparação paraa viagem gera grandes expectativas. Entretanto, vocêdeve estar atento a alguns cuidados antes, durantee depois de sua viagem.Para ajudá-lo, o Ministério do Turismo dá algumas dicasque permitirão a você usufruir da melhor maneira de suaviagem, sem surpresas desagradáveis e inconvenientes.

 

DICAS DE VIAGEM

O Brasil é um país com extensão continental, de clima predominantemente tropical, e possui uma das mais ricas biodiversidades do mundo. Para garantir uma viagem tranquila, três atitudes são imprescindíveis: estar consciente, ter responsabilidade e estar atento.

 

ANTES DA VIAGEM

Pesquise em revistas, em livros ou na internet o local que for visitar. Isso lhe permitirá conhecer os costumes e a história natural e cultural das diversas regiões do Brasil, e contribuirá para tornar sua viagem mais agradável. No Brasil, crianças de até 12 anos só podem viajar sozinhas se tiverem autorização do Juizado de Menores. Maiores de 12 anos podem viajar sem acompanhantes quando estiverem com seus documentos. Crianças de até 06 anos também podemviajar gratuitamente, desde que não ocupe poltrona e sejam respeitadas as leis aplicáveis ao transporte de menores.

Nas viagens de ônibus ou avião, guarde sempre o tíquete de bagagem e o bilhete de passagem. Eles são a garantia do passageiro no caso de extravio ou dano na bagagem. Identifique sua bagagem por dentro e por fora, e transporte joias, documentos, aparelhos eletrônicos e telefone celular sempre na bagagem de mão.

Sempre solicite e leve com você a confirmação impressa da reserva em um meio de hospedagem, contendo as informações sobre a tarifa, o horário do check-in, o tipo de unidade habitacional, os serviços oferecidos e a forma de pagamento. Em caso de problemas na prestação dos serviços, procure o órgão de proteção e defesa do consumidor local – PROCON – e o Ministério do Turismo. Leve o impresso da confirmação de reserva com você. Quando fizer a reserva, tome conhecimento sobre as regras para cancelamento.

 

DURANTE A SUA VIAGEM

Ao apresentar qualquer alteração no seu estado de saúde, ainda dentro da aeronave, embarcação ou outro meio de transporte, comunique o fato à equipe de bordo, que tomará as devidas providências, incluindo a notificação às autoridades sanitárias competentes.

 

DEPOIS DA VIAGEM

Ao voltar da viagem, compartilhe sua experiência com o Ministério do Turismo, postando suas fotos, vídeos e comentários da viagem na Comunidade de Viajantes, no site www.turismobrasil.gov.br.

Indique aos seus amigos e familiares os bons serviços contratados e reclame aos órgãos competentes das empresas que não prestaram os serviços previamente contratados. Assim, você contribuirá para a melhoria do turismo no Brasil. E o mais importante: VIAJE! Viajar nos permite ampliar horizontes, nos ensina a respeitar o diferente e a adquirir novos conhecimentos e habilidades.

 

DICAS DE VIAGEM SOBRE DOENÇAS

Cuidado para evitar doenças transmitidas por água e alimentos esteja sempre atento à qualidade daquilo que você ingere e oferece às crianças.

 

DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ÁGUA E ALIMENTOS

Um problema comum em viagem é a diarreia causada pela ingestão de água ou alimentoscontaminados. As doenças diarreicas agudas podem ser acompanhadas denáuseas, vômitos, dor abdominal e/ou febre.Evite a desidratação ingerindo líquidos (água tratada ou mineral industrializada,água de coco, sais de reidratação oral ou soro caseiro). Para preparar osoro caseiro, coloque uma colher de sopa de açúcar e uma colher de chá desal em um copo de água (200 ml). Tais líquidos devem ser usados após cadaepisódio de evacuação ou vômito, de acordo com as indicações a seguir:A alimentação habitual deve ser mantida e estimulada. Evite ingerir bebidas que tendema eliminar mais água do organismo, como o café, bebidas excessivamente açucaradas,refrigerantes, alguns chás medicinais e bebidas alcoólicas.Caso esteja com diarreia, lembre-se: é importante que se procure atendimento deprofissional de saúde competente para receber um tratamento adequado.

 

OBSERVE AS MEDIDAS BÁSICAS DE HIGIENE E AS SEGUINTES RECOMENDAÇÕES

  • Lave as mãos com água e sabão frequentemente e sempre antes de manipular econsumir alimentos, após utilizar sanitários, meios de transportes ou visitar locaiscom grande fluxo de pessoas;
  • A água mineral industrializada é a opção mais segura;
  • Quando a água não for tratada, utilize a fervura por pelo menos um minuto. Nãosendo possível a fervura ou filtragem, deve-se considerar o uso de agentes desinfetantes,como, por exemplo, o hipoclorito de sódio a 2,5%, colocando duas gotasem um litro de água e aguardando 30 minutos para consumir;
  • Evite consumir gelo e sorvetes de procedência duvidosa e alimentos crus, comoas preparações culinárias que contenham ovos crus, leite e seus derivados sempasteurização, e principalmente frutos do mar;
  • Evite frutas e verduras que não estejam íntegras. Não se esqueça de lavá-las emágua corrente antes do consumo;
  • Fique atento à temperatura dos alimentos expostos para venda (buffets, mercados,restaurantes e vendedores ambulantes). Os alimentos perecíveis devem ser mantidosem temperatura adequada: os refrigerados, abaixo de 5°C, e os quentes, acima 60°C.

 

PROCURE TER CERTEZA DE QUE NÃO ESTÃO EM CONTATO COM MATERIAIS CONTAMINANTES

  • Evite consumir carnes cruas ou mal cozidas;
  • Evite a ingestão de alimentos preparados com carnes de animais exóticos ou silvestresnão regularizados;
  • A embalagem dos alimentos deve estar íntegra, e conter no rótulo, pelo menos, aidentificação do produtor e a data de validade.

 

DOENÇAS TRANSMITIDAS POR VETORES

  • Um número elevado de doenças, como, por exemplo, a malária, a febre amarela, a doençade chagas e a dengue, são transmitidas por insetos e outros vetores.

 

PARA EVITAR ESSAS DOENÇAS, OBSERVE AS SEGUINTES RECOMENDAÇÕES

  • Hospede-se em locais que disponham de ar condicionado ou telas de proteção nasportas e janelas. Caso isso não seja possível, utilize mosquiteiros;
  • Utilize roupas que protejam contra picadas de insetos, como camisas de mangascompridas, calças e sapatos fechados, ao realizar turismo em regiões fora da áreaurbana;
  • Aplique repelente à base de DEET (dietiltoluamida) nas áreas expostas da pele,seguindo a orientação do fabricante.
  • Fique atento ao surgimento de alguns sintomas dessas doenças, como febre, dorno corpo e dor de cabeça. Em caso de manifestação desses sintomas, procure umaunidade de saúde imediatamente.

 

DOENÇAS TRANSMITIDAS (ZOONOSES) E ENVENENAMENTO POR ANIMAIS.

  • As zoonoses incluem várias infecções que podem ser transmitidas ao homem pormeio do contato com animais.Em caso de contato acidental, mordedura, lambedura ou arranhadura por mamíferos(cão, gato, morcego etc.), lave o local atingido com água corrente e sabão, e procureimediatamente assistência de saúde para avaliação e, se necessário, aplicação davacina e soro antirrábico.No Brasil, os acidentes com animais peçonhentos mais comuns são causados porescorpiões, serpentes, aranhas, abelhas, lagartas e arraias. Em caso de acidente, nãorealize procedimentos caseiros. Procure imediatamente o serviço de saúde local paraque você seja encaminhado à Unidade de Atendimento de Acidentes por AnimaisPeçonhentos do município ou do estado.

 

PARA PREVENIR ESSES ACIDENTES, SIGA AS SEGUINTES RECOMENDAÇÕES

  • Evite caminhar descalço em áreas de matas ou plantações. Utilize, preferencialmente,calça e botas de cano longo ou bota com perneira (que protejamaté o joelho);
  • Não coloque a mão em buracos. Cuidado ao sentar em pedras e, acima de tudo,não manipule esses animais, por mais inofensivos que pareçam;
  • Vistorie roupas e calçados antes de vesti-los, e toalhas ou capas, antes de utilizá-las,pois podem abrigar aranhas e escorpiões;
  • Examine cuidadosamente os locais onde for apoiar-se (por exemplo, árvores,rochas etc.) durante a realização de trilhas ou caminhadas ecológicas.

 

DOENÇAS DE TRANSMISSÃO RESPIRATÓRIA

  • As doenças respiratórias mais comuns são as gripes e os resfriados, que podem sercausados por uma diversidade de fatores.Alimentar-se bem, adotar hábitos saudáveis e higiênicos e evitar o estresse são asformas mais eficazes de prevenção.
  • No caso de apresentar, durante a viagem ou após o desembarque, febre (38ºC),tosse, dor de garganta e dificuldade para respirar, comunique esses sintomas àtripulação ou procure a Unidade de Saúde mais próxima.
  • O Ministério da Saúde do Brasil disponibiliza em seu site oficial informações sobredoenças de importância para a saúde pública.
  • Para maiores informações, acessesaude.gov.br/svs e clique no link Glossário – Doenças de AaZ.

 

Recomendações gerais

Disque Saúde: 0800 61 1997

Disque Notifica: 0800 644 6645

Disque Intoxicação: 0800 722 6001

www.anvisa.gov.br

DICAS DE VIAGEM

  • Faça seu check-in
  • Esteja portando em mãos os documento para viagem
  • Confira a quantidade e peso das malas para embarque
  • Documentos das reservas
  • Documentos pessoais de todos os viajantes
  • Vacinas
  • Chegue ao aeroporto 02 horas antes do embarque nacional
  • Chegue ao aeroporto 03 horas antes do embarque internacional
  • Avisos Importantes Para Todos Os Destinos
  • Calcule o peso da sua bagagem, identificação e lacre.
  • Passaporte – validade mínima de 06 meses e mínimo de três páginas em branco para os carimbos de controle de imigração.
  • Vistos necessário (lista de países que brasileiro precisa de visto)
  • Inscreva-se na excursão com antecedência para garantir o valor das classes promocionais de grupo.
  • A ordem das visitas programadas poderá sofrer alterações, a fim de propiciar um melhor aproveitamento da viagem.
  • Os apartamentos nos hotéis do Brasil normalmente têm duas camas de casal ou uma cama king size.
  • No caso de acomodações em triplos e quádruplos, favor observar que a padronização dos apartamentos continuará sendo a mesma.
  • Registre seu e-mail e entraremos em contato. E-mail / Telefone

 

AO CHEGAR À HOSPEDAGEM 

  • Chegada e identificação do hotel
  • Se dirigir aos quartos
  • Conferir instalações
  • Segurança do quarto
  • Cofres
  • Mover espelhos ou quadros
  • Identificar higienização das instalações
  • Infiltrações
  • Identificar bom funcionamento de TV, Ar condicionado, Aquecedor, Torneiras, chuveiro, etc.
  • Reconhecimento das dependências do hotel
  • Conversar/ tirar dúvidas com a recepção do Hotel

 

ITINERÁRIO DE PASSEIO

  • Café da manhã no hotel – aproveite bem a refeição de café da manhã, aproveite para comer satisfação, pois será possível passar do horário de almoço podendo fazer pequeno lanche e se reservando para o jantar na cidade, que geralmente é muito bom o jantar.
  • Saída para passeio – confira os meios d transportes, não faça transporte com veículos na autorizados. Se possível use sempre taxi ou empresas de transfere devidamente identificadas e registradas, busque informação no hotel ou aeroporto sobre empresas credenciadas. No ultimo caso, use aplicativo de transporte particular, mas averigue as credencias do veículo e do motorista antes de embarcar.
  • Almoço ou lanche da tarde.
  • Retorno no fim da tarde para o Hotel
  • Hotel
  • Se reserve a fazer compras no regresso ao hotel para ter noção do comercio e evitar carregar peo por um tempo maior.

 

EMBARQUE ORIGEM

  • Check-in no aeroporto DOCUMNTOS EM MÃOS
  • se viajar com crianças, manter em mãos os documentos da vara da criança se necessário
  • Despache de bagagens
  • Embarque

 

DESEMBARQUE NO ORIGEM 

  • Check-in no aeroporto
  • Embarque de retorno
  • Desembarque
  • Conferir pertences e bagagens
  • Alfandega
  • Retirar malas
  • Transfer
  • Residência

 

EMBARQUE NO DESTINO 

  • Check-in no aeroporto DOCUMNTOS EM MÃOS
  • se viajar com crianças, manter em mãos os documentos da vara da criança se necessário
  • Despache de bagagens
  • Embarque

 

DESEMBARQUE NO DESTINO

  • Retirar bagagens
  • Passar pela imigração – se voo internacional
  • Retirar as bagagens
  • Identificar o translado
  • Condução ao Hotel – ao caminho identificar o máximo de pontos de identificação possível, posto policial, hospital, drogarias, mercados, monumentos…

 

CHEGADA A HOSPEDAGEM

  • Apresentação de documentos na recepção
  • Conheça as dependências do hotel – segurança, porta de emergência, lugares de lazer.
  • Desarrume as malas
  • Confira a segurança dos cofres
  • Teste os equipamentos do seu quarto, chuveiro do banheiro, aquecedor, ar-condicionado, tv, camas, higiene. Supervisione para que sua estadia não tenha dificuldades e nesse momento que você saberá se a hospedagem está apropriada para sua estadia no período contratado.
  • Café da manhã no hotel
  • Almoço se possível no hotel ou aeroporto
  • Transfer para aeroporto para partida para o segundo destino
  • Saída do hotel com 02/ 03 horas de antecedência
  • Check-in no aeroporto

 

SAÍDA DA HOSPEDAGEM

  • Retorno para cidade de origem com escala
  • Café da manhã no hotel
  • Curtir as dependências do hotel
  • Recolher pertences – fechar bagagem
  • Conferir em todas nas dependências do quarto se esqueceu de algum item pessoal (cama, debaixo da cama, gavetas, armários, banheiro, etc)
  • Almoço se possível no hotel ou aeroporto
  • Transfer para aeroporto para partida para o segundo destino
  • Saída do hotel com 03 horas de antecedência

 

O QUE LEVAR

FAÇA VOCÊ SUA RESERVA

  • Inscreva-se na excursão com antecedência mínima de 60 dias para garantir o valor das classes promocionais de grupo.
  • A ordem das visitas programadas poderá sofrer alterações, a fim de propiciar um melhor aproveitamento da viagem.
  • Os apartamentos nos hotéis dos Brasil normalmente têm duas camas de casal ou uma cama king size.
  • No caso de acomodações em triplos e quádruplos, favor observar que a padronização dos apartamentos continuará sendo a mesma.
Translate »